Qual é a principal função de um Advogado Criminalista

0

Livros

Muitas pessoas quando optam em fazer a faculdade de Ciências Jurídicas, mais conhecida como Direito, costumam se apaixonar pela disciplina de Direito Penal e Processo Penal.

Com isso, ao término da faculdade e obtenção da tão sonhada carteira da Ordem dos Advogados do Brasil, opta por trabalhar como um advogado criminalista. Para isso, o profissional busca diversos meios de profissionalização.

A carreira como advogado criminalista é muito bonita, mas também muito árdua, pois a sociedade possui um pensamento equivocado da advocacia criminal.

A advocacia Criminal

Não cabe ao advogado criminalista julgar os casos que chegam em suas mãos, já que o Juiz é quem tem o poder estatal para isso.

Aqueles que optam por atuar na advocacia criminal tem como função defender os direitos do seu cliente, para que seja declarada a sua inocência ou que haja uma redução da pena imposta.

O advogado criminal é um profissional extremamente necessário para o cumprimento da justiça, por isso, é importante que a população entenda que este não está agindo contra os interesses da sociedade, mas sim, busca que seja feita a justiça, conforme os ditames legais.

Se a Lei estabelece determinado benefício, então o advogado criminal vai em busca do exercício deste benefício pelo seu cliente.

Portanto, na advocacia criminal não há qualquer pacto com criminosos, mas sim, cumpre o papel de fiel observador da legislação que está sendo aplicada.

O que faz um advogado criminalista

O advogado criminalista é aquele que atua na defesa criminal dos interesses das pessoas que foram vítimas ou dos acusados de terem cometido algum crime.

Conforme falado anteriormente, o advogado criminalista defende o direito de defesa que a todos é inerente e que deve ser respeitado. Além disso, ele também pode atuar como um assistente de acusação.

Portanto, ser um advogado criminalista é uma das funções essenciais para que seja praticada a Justiça.

Comentários no Facebook